sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Filme Aprendiz de Samurai recebe Patrocínio da Fundart



O Filme

O longa-metragem é baseado no livro homônimo sobre a biografia do judoca ubatubense Milton Cesar Máximiano Trombini que narra uma história de superação, reafirmando a busca de valores culturais, morais e de boa conduta, através dos conhecimentos adquiridos pela pratica de artes marciais, especialmente, pelo judo.

O Produtor

O filme é uma produção da empresa ALFA FILMES, do diretor Stefano Lapietra, e a co-produção da O2 do cineasta Fernando Meireles.

Os Artistas

O filme Aprendiz de Samurai possui um belo roteiro e um time de artistas de grande talendo e profissionalismo, como o ator Caio Castro, que fará o papel do judoca Max Trombini, acompanhando da atriz Sabrina Sato, além de Moacyr Franco, Suzana Pires e Tato Gabus Mendes, dentre outros. A música tema será interpretada pelo cantor Luan Santana.

Pré-Estreia

O filme Aprendiz de Samurai está previsto para estreiar nas salas de cinema entre os meses de março ou abril do ano que vem.

O Patrocínio

O patrocínio cultural do filme realizado pela Fundart visa valorizar a diversidade cultural, o fomento as atividades cinematográficas, bem como divulgar a cidade de Ubatuba, através de um longa-metragem que busca manter os valores culturais, éticos e morais através do judo.

Um Breve Resumo do Livro

A saga de um guerreiro moderno. Não pode haver melhor definição para este livro de um autor estreante, é verdade, mas que tem muita história para contar. Max Trombini nos mostra como os milenares valores éticos e morais orientais, sintetizados no aprendizado e prática das artes marciais, pode de fato mudar a forma como conduzimos nossas vidas. Mais ainda, pode nos levar à felicidade, por mais difícil e penoso que o caminho porventura nos pareça. O texto é leve, sem ser superficial, é envolvente, porém sem apelações, e rico em demonstrações de que nas pequenas atitudes nos fazemos melhores. Sua autobiografia nos leva a ver de que nenhum obstáculo é insuperável. Seu sucesso vai muito além de uma mera lição pasteurizada de autoajuda, é inspirador, e o resultado disso é bem mais relevante do que o status de morar numa mansão e ter diversos carros importados na garagem: é apenas e tão somente a felicidade. Sem fórmulas infalíveis ou modelos talhados para a criação de consultorias milionárias. Simples, tocante e apaixonante!

Blog da Produção




Acompanhe a produção do filme através do blog http://aprendizdesamurai.wordpress.com e do facebookhttps://www.facebook.com/aprendizdesamurai.
Fonte e publicação: www.fundart.com.br

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Encontro das Aldeias Guaranis teve presença record


De 6 a 8 de setembro, aconteceu em Ubatuba o maior evento indígena de todo o Litoral Norte e Vale Paraíba de São Paulo. O encontro das aldeias Guaranis, oriundas de várias partes do país, trouxe à Aldeia Boa Vista, no bairro do Promirim, quase 750 indígenas do Espírito Santo, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Sta. Catarina, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Paraguai.
“Estávamos aguardando cerca de 500 guaranis para os 3 dias do encontro, mas com a presença aumentada, tornou-se um marco histórico e um recorde em eventos da etnia Guarani”, disse Mário Benites – uma liderança da Aldeia Boa Vista.
No encontro aconteceram exibições artísticas das aldeias, rituais religiosos, debates sobre a educação e a saúde indígena, os benefícios conquistados e as dificuldades em acertar as áreas conflitantes das terras demarcadas pelo Governo Federal, além de um torneio de futebol que reuniu 16 equipes.
A prática milenar do ritual da recepção foi um dos pontos altos do encontro. Todas as aldeias irmãs que chegavam seguiam para a Casa de Reza onde um ritual de boas vindas era realizado. A Casa de Reza é o local onde ocorrem debates, encontros importantes ou rituais religiosos, sempre com a permissão do cacique.
Com danças, orações e canções, cada aldeia agradeceu às divindades pela viagem bem sucedida e o convite para participar do encontro, pedindo que o mesmo fosse coberto por harmonia e paz.
“Foi um evento em que ficamos bastante satisfeitos em receber nossos irmãos, com o apoio da FundArt, das Secretarias de Turismo, de Agricultura e Pesca, da Educação e de Obras, da FUNAI e do prefeito Mauricio Moromizato, foi um grande encontro, estão todos felizes, e no próximo ano faremos algo ainda maior, envolvendo toda Ubatuba com a nossa cultura”, comemorou o Sr. Altino – cacique da Aldeia Boa Vista.
Fonte: www.fundart.com.br